Uncategorized

Férias, correr, pular, diversão já

Férias, correr, pular, diversão já

Férias, correr, pular, diversão já

Esta chegando o período que as crianças mais gostam! Isso mesmo as férias.

E você já se programou para fazer algo diferente?

Tem diversão ou será o programa de sempre?

Vamos usar a criatividade e fazer algo divertido com os pequenos?

Por que será que essa época os pais já começam a se preocupar com o tempo livre das crianças?

O fato é que isso não poderia ser uma preocupação ou uma tortura, é preciso um olhar mais amoroso em relação ao tempo livre das crianças, usar a criatividade para fazer desse momento, um momento inesquecível para a família.

Planejar as férias não é impossível, porém quando não há planejamento as férias se tornam frustrantes para ambos os lados, ninguém se diverte e o que era para aproximar afasta.

Portanto antes de qualquer decisão é importante avaliar principalmente suas condições financeiras e planejar as férias sem pressão ou gastos desnecessários. Lembre-se férias é para relaxar não estressar.

Esse período deve ser sinônimo de alegria, união familiar, fortalecimento de vínculos e você pode ter tudo isso sem estresse ou mágoas.

É importante fazer desse momento um momento único, um momento para ser lembrado por todos com alegria e mesmo que você não tire férias, é possível separar um tempo para brincar com seu filho, planeje seu tempo, organize-se, participe de brincadeiras, faça um piquenique, faça uma barraca no quarto, enfim use sua criatividade, resgate a criança que existe em você.

As atividades que envolvem a família têm muito aprendizado e descoberta. Não expresse mau-humor porque seu filho esta de férias ou revele seu pânico.

É claro que na lista das férias não pode faltar um item importante o “amor” e para aproveitar melhor esse momento desligue-se dos aparelhos eletrônicos, lembre-se esse é um momento muito importante para seu filho, acolha esse momento com amorosidade, aceitação, permita o amor falar mais alto, desperte a criança adormecida em você, nossa criança interior nesse contexto nos traz muitos benefícios, experimente, permita-se!

Caso os pais sejam separados, combine os dias de lazer da criança, para que cada um monte um cronograma de diversão com a criança, à relação com a família é muito importante para o desenvolvimento da criança, lembre-se existe ex-marido, ex-sogra, mas nunca ex-filho.

É importante salientar que deixar a criança isolada no quarto com videogame, televisão, internet, onde só existe ela e o mundo virtual não é nada saudável. Até porque existem os perigos virtuais, bandidos só esperando uma oportunidade para atacar!

Zero para você se fizer isso!!!

Criança precisa brincar, criar, correr, suar, ser criança, e você pode sim fazer parte disso. Engana-se quem pensa que tem que ter dinheiro para fazer das férias uma diversão. Seja criativo, divertido, amigo das crianças e evite falar de trabalho neste momento, tenha em mente que esse é um momento seu e de seus pequenos.

Se o problema é falta de opções aqui temos:

10 dicas para se divertir com as crianças nas férias

E tbm:

12 opções para se divertir com as crianças durante as férias

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Muita atenção na hora de programar a diversão nas férias;
  • Peça a eles que enumerem o que gostariam de fazer;
  • E depois você analisa o que é possível realizar;
  • Leia uma história para seu filho;
  • Convide amigos das crianças para brincar em sua casa, combine com as mães um dia na casa de cada um;
  • Convide-o para fazer caminhada com você;
  • Sessão de cinema em casa com pipocas;
  • Faça um piquenique;
  • Combine um banho de rio ou piscina;
  • Brincadeiras no quintal é ótimo;
  • Use sua criatividade, tire ele do computador, criança tem que ser criança, brincar, suar, correr, pular e sorrir sempre.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Matriz: AV. Cláudio Protilho, N.º 365 Eliza Miranda Mall – Distrito Industrial – Manaus – Amazonas – CEP: 69077-738.

 Unidade I: Adianópolis.

 Unidade II: Vieiralves

 (92) 99127-6558

 dilza@dilzasantos.com.br

TRANSTORNO DO ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO

Por que às vezes é tão difícil um recomeço?

Principalmente quando se sofre algo traumático? Você já se viu neste contexto? Elementos estressores encontramos toda hora,a todo o momento, fazem parte da vida, mas em alguns casos há eventos que são mais traumáticos. Clarificando que nem todo mundo pode desenvolver o estresse pós- traumático, pessoas mais ansiosas tem essa predisposição.Isso depende muito da dificuldade de enfrentamento do episódio, que para alguns não seria tão traumático. Cada caso é um caso.

É importante destacar que além das pessoas que sofrem o trauma os socorristas também precisam de um suporte psicológico, porque nem todos estão preparados para lidar com a dor do outro, com uma realidade de sofrimento. O estresse pós-traumático só pode ser diagnosticado pós-traumático depois do evento, ou seja, o fato já passou e depois de algumas semanas, meses ou anos. Pode se desenvolver alguns sintomas do estresse pós-traumático. Havendo a necessidade de uma avaliação minuciosa.

Existem alguns sintomas do estresse pós-traumático:

  1. Reviver as cenas do fato (através de pesadelos, sensação que aquilo esta acontecendo) isso traz muito sofrimento;
  2. Evitação, esquiva de pessoas, do local, do objeto, tudo que faça recordar do fato ela quer evitar, levando muitas vezes ao isolamento social;
  3. Distúrbios orgânicos, emocionais, dificuldade de concentração entre outros;
  4. Hipervigilância (ele sai às ruas olhando para os lados, não relaxa, vivi tensa).

O transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno que se inicia pós um trauma, um distúrbio de ansiedade caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais em decorrência de um evento traumático. Pode ter sido vítima ou testemunha de atos violentos ou de situações traumáticas que, em geral, representaram ameaça à sua vida ou à vida de terceiros. Quando se recorda do fato, ele revive o episódio, como se estivesse ocorrendo naquele momento e com a mesma sensação de dor e sofrimento que o agente estressor provocou. Essa recordação desencadeia alterações neurofisiológicas e mentais.

Sofrem muito ao relembrar do fato.É muito comum em vítimas de sequestro, assalto, estupro, violência urbana, agressão física, terrorismo, tortura, acidentes, guerras, catástrofes naturais, violência infantil, em muitos casos de bullying podemos destacar uma predisposição ao estresse pós-traumático.
É extremamente importante o acompanhamento psicológico, para se avaliar o que realmente esta acontecendo e assim poder chegar a um diagnóstico,em alguns casos se faz necessário o uso de medicamentos e com isso o acompanhamento psiquiátrico.Essa sintomatologia quando não tratada pode resultar em depressão e síndrome do pânico.

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Pensamento positivo sempre;
  • Evite notícias desagradáveis em momento de crise;
  • É importante você identificar qual seu estilo de vida, como você encara o que esta acontecendo com você;
  • Pratique exercícios físicos;
  • Não se deixe adoecer procure ajuda;
  • Pratique a medicação / Yoga;
  • Procure se preparar para lidar com os acontecimentos da vida;
  • Se estiver vontade de chorar chore, converse com alguém;
  • Se você acha impossível lidar com tudo isso, procure um psicólogo;
  • Leve o tratamento a sério, principalmente quando se faz uso da medicação.

Um estudo recentemente realizado pela UNIFESP (Universidade Federal do Estado de São Paulo) e por outras universidades brasileiras, em parceria com pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz, cogita a hipótese de que o transtorno do estresse pós-traumático possa ser causado pelo desequilíbrio dos níveis de cortisol ou na redução de 8% a 10% do córtex pré-frontal e do hipocampo (áreas localizadas no cérebro) do portador.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

JOGOS VIRTUAIS: QUANDO A DIVERSÃO VIRA AMEAÇA

Esta circulando na rede (internet) um jogo chamado “Baleia Azul” tal jogo propõe 50 desafios aos adolescentes e sugere o suicídio como última etapa, mais uma brincadeira macabra que tem entrado em muitos lares silenciosamente, portanto fique atento ao que seu filho vê na internet, o que ele conversa o que esta sendo compartilhado nos grupos de whatsapp, as ameaças estão em toda parte, mas no mundo virtual tudo fica mais fácil, assim como tem os benefícios, há também os malefícios e no mundo virtual andam juntos. Muitas vezes uma brincadeira que parece inocente é uma arma fatal, esses desafios que ultrapassam os limites da vida, não é brincadeira é um convite ao caos, ao fim.

Essas brincadeiras macabras estão mais próximas do que se imagina, desafios bobos que os jovens se submetem e terminam em tragédia é preocupante, é necessário um olhar minucioso em tudo e todos a sua volta, crianças e adolescentes precisam de orientação, para não se tornarem presa fácil para pessoas mal-intencionadas que estão na internet. Principalmente as crianças, elas são indefesas, precisam de um adulto para defendê-las. Confiar é bom! Mas checar é melhor!

Muitas pessoas acabam se tornando vítimas desse mundo acelerado, estão vivendo no automático, ficam pouco em casa e dificilmente acompanham o cotidiano de seus filhos e essa tal “liberdade” não é saudável para essa criança e esse adolescente que tem apenas o mundo virtual como referência.

Fique atento se seu filho tem ficando muito tempo isolado no quarto, se tem evitado o convívio com a família ou amigos, se tem alterações no humor, se esta com uma tristeza que não passa nunca, observe o discurso dele, antes de qualquer ação os sinais se manifestam, sendo até um pedido de socorro silencioso que muitas vezes não são levados a sério. Infelizmente o índice de suicídio entre os jovens é alarmante e tem nos preocupado muito, a depressão, ansiedade e estresse também tem índices altíssimos em todas as idades e pouco se discuti sobre isso, infelizmente existe ainda um grande tabu frente ao tema suicídio!

Ano passado um garoto de 13 anos morreu enforcado, segundo a família do jovem após perder um jogo chamado Choking Game ou “jogo da asfixia” que acontece quando a pessoa interrompe o fluxo de ar com as mãos ou com objetos para induzir desmaios, tontura ou estado de euforia. O jovem teria sido desafiado a se enforcar, e a brincadeira macabra acabou mal. É preciso ficar atento infelizmente o perigo esta entrando com muita facilidade em nossos lares e as maiores vítimas são nossos filhos, vamos ter mais cuidado, ser mais cauteloso e desconfiado!

Confiar é bom! Mas checar é melhor!

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Evite deixar seu filho sozinho em casa;
  • Evite deixar seu filho com estranhos;
  • Observe se há alguma lesão visível em seu filho, investigue, pergunte;
  • Determine os horários dessa conexão virtual, jogos online entre outros..
  • Conheça as pessoas com quem seu filho se relaciona;
  • Mantenha o diálogo, fortaleça os vínculos familiares;
  • Evite o acesso de pessoas estranhas em sua casa;
  • Não confie demais! Confiar é bom! Mas checar é Melhor!
  • Fiquem atentos as mudanças comportamentais do seu filho;
  • Aproxime-se do seu filho, converse, investigue sem ser invasivo;
  • Verifique as brincadeiras virtuais que ele costuma ter com os amigos;
  • Reforce que os verdadeiros amigos não colocam a vida do amigo em perigo;
  • Converse sobre os perigos da internet;

Click no link abaixo para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click no link abaixo para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou desse artigo ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos