COMPRAS COMPULSIVAS DEVEM SER EVITADAS EM ÉPOCA DE CRISE!

Pesquisas confirmam que compras compulsivas atinge cerca de 3% das pessoas que fazem compras sem necessidade e 90% desse publico são mulheres, é fato que as mulheres gostam de fazer compras, principalmente de produtos que encantam os olhos femininos, bolsas, sapatos se destacam neste contexto.

Mas até que ponto podemos considerar essas compras “normais”ou “compulsivas”? Podemos destacar que compra descontrolada pode se caracterizar como doença, principalmente quando se gasta dinheiro com objetos desnecessários se tornando um vício.

É fato que o cenário econômico não esta favorável para compras, porém mesmo assim nos deparamos com pessoas que tem se endividado com empréstimos e financiamentos a se perder de vista, e o mais grave é que os idosos são vítimas fáceis de golpistas. Reforço um alerta a essas ações que crescem a cada dia. Porém há um outro perfil neste quadro, que são os oniomaniacos, são pessoas que compram compulsivamente para compensar a angústia e aliviar o desconforto físico e psicológico que sofrem.

Os fatores psicológicos e emocionais quando não estão bem organizados podem adoecer o indivíduo, contribuindo para vários transtornos e coisas simples e prazerosas como o ato de comprar, pode virar doença. Exemplo disso podemos destacar um transtorno chamado Oniomania, que popularmente é conhecido como compulsão por compras, pessoas que não conseguem resistir à tentação de comprar. Chegam a não pagar contas essenciais para gastar com supérfluos.

Destaco ainda que isso promove um desconforto também para a família de quem sofre com esse transtorno, que na maioria das vezes pagam a dívida, acreditando que tal fato não acontecerá mais. Porém isso não resolve o problema, oniomania é doença e precisa ser tratada e a ajuda psicológica é fundamental neste processo.

Hoje neste cenário econômico tem empresas preocupadas com esse problema que vem afetando seus colaboradores e com isso surgem ações preventivas dentro das organizações através de palestra, workshops de especialistas, reforçando os perigos frente a este problema.

É extremamente importante as empresas terem essa visão, até porque com a crise atual muitos colaboradores estão endividados dentro da empresa emprestando dinheiro de colegas causando um desconforto e um clima negativo no ambiente profissional, fato este que compromete as relações interpessoais dentro das organizações.

É preciso ter em mente que um Shopaholic ou Oniomaníaco não é um individuo com falta de caráter ou pouca vergonha na cara, como alguns pensam. É alguém com sofrimento profundo, clamando por socorro, inconscientemente precisando de ajuda. Se você conhece alguém ou você mesmo esta passando por isso procure ajuda!

Dicas De Bem Com a Vida

  •  Antes de abrir a carteira pergunte eu estou mesmo precisando disso?
  •  Se for ao centro comercial, não leve cartões de credito ou cheque;
  •  Em suas compras evite os parcelamentos;
  •  Seja sincero com você mesmo;
  •  Neste cenário econômico é necessário reduzir gastos;
  •  Foque em atividades que não lhe traga prejuízos financeiros;
  •  Evite fazer empréstimos;
  •  Peça a alguém de sua confiança para administrar seu dinheiro;
  •  Procure um consultor financeiro para lhe ajudar no orçamento;
  • Dê prioridade a suas necessidades básicas, não há supérfluos;
  • Preste atenção no que você esta gastando;
  • Evite empréstimos;
  • Como pais, monitore os gastos do seu filho;
  • Evite canais de TV de vendas ou Sites;
  • Saiba dizer não para seu filho;
  • Evite ter vários cartões de crédito;
  • Resista as ofertas elas podem ser uma armadilha;
  • Cuidado!!! De um comprador compulsivo, você pode virar um devedor compulsivo;
  • Procure ajuda!

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Deixe uma resposta