Licença Maternidade: É o fim, e agora?

Licença Maternidade: É o fim, e agora?

Licença Maternidade

O término da licença maternidade é um momento para muitas mães angustiante, um verdadeiro pesadelo, as mamães de plantão sabem bem como é isso, surge àquela dor no peito, o frio na barriga, uma tristeza sem fim, taquicardia, falta de ar, medo e até a culpa fazem parte desse processo, afinal, é hora de voltar ao trabalho, para muitas mulheres isso é inevitável, para outras é o momento de pedir demissão e cuidar dos pequenos. Enfim, sempre é um recomeço.

É fato que os laços nesse período são fortalecidos (mãe e filho) e isso contribui para que esse seja um momento muito difícil para essa mãe e seu bebê, fato este que não acontece só no momento da volta ao trabalho no fim da licença maternidade, ocorre também quando a mãe vai deixar a criança na escola ou creche pela primeira vez, cena que se repete quase todos os anos.

É preciso aprender a lidar com as frustrações e perdas, fato este que faz parte do processo de crescimento do indivíduo, é “normal” essa sensação de insegurança, medo de onde e como deixar seu filho?

Muito se ouve: “Ninguém vai consegui cuidar do meu filho”. “Ele não vai sobreviver sem mim”. Reforço que muitas mães já passaram por isso e sobreviveram e você com certeza vai conseguir vencer mais esse desafio, seja forte, é importante passar segurança para seu filho.

Destaco também que o apoio da família e do companheiro é muito importante nesse contexto, entender e acolher essa mãe faz com que esse momento seja menos dolorido, é claro que a volta ao trabalho será difícil, mas não impossível, afinal é um novo recomeço para todos inclusive para a criança.

Uma dica importante é: antes da volta ao trabalho exercite esta ausência, peça a alguém de sua confiança que cuide do seu filho por alguns minutos, até para se observar seu comportamento frente a esse desafio da volta ao trabalho, isso ajuda no desapego.

Se a criança for para a creche procure conversar com amigos, aceite indicações, analise se a escola tem uma boa estrutura física, se tem segurança para a criança, converse com a pessoa que cuidará do seu filho, converse com mães que já conhecem a escola, observe, confie, relaxe e acredite! Uma vez mãe, sempre mãe!

As creches têm suas vantagens, esse espaço ajuda na socialização da criança, nos limites sociais, contribui positivamente para o desenvolvimento do seu filho, outro fator positivo é procurar algo próximo ao seu trabalho ou de sua residência para fugir do trânsito, é fundamental essa comodidade e a segurança da mãe e da criança nesse processo.

De acordo com o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, organizado pelo Ministério da Educação (MEC), as creches e pré-escolas devem educar cuidar e proporcionar brincadeiras, contribuindo para o desenvolvimento da personalidade, da linguagem e para a inclusão social da criança.

Atividades como brincar, contar histórias, oficinas de desenho, pintura e música, além de cuidados com o corpo, são recomendadas para crianças que frequentam a escola nesta etapa.

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Pesquise com calma onde ou com quem deixar seu bebê;
  • Confie no cuidador;
  • Dê tempo para o bebê se acostumar com quem vai cuidar dele;
  • Tenha sempre um plano B;
  • Não se culpe;
  • Passe segurança para seu filho;
  • Tente controlar a ansiedade para não adoecer;
  • Converse com mães que passaram por este processo e hoje estão tranqüilas;
  • Fique tranqüila quase 100% das mães já passaram por isso e sobreviveram;
  • Se não consegue lidar com tanta mudança procure um psicólogo.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Matriz: AV. Cláudio Protilho, N.º 365 Eliza Miranda Mall – Distrito Industrial – Manaus – Amazonas – CEP: 69077-738.

 Unidade I: Adianópolis.

 Unidade II: Vieiralves

 (92) 99127-6558

 dilza@dilzasantos.com.br

Deixe uma resposta