Suicídio: Epidemia Silenciosa

Suicidio

Suicídio – Epidemia Silenciosa: Dia 10 de setembro é o dia mundial da prevenção do suicídio. Segundo pesquisas o suicídio é a segunda maior causa de morte entre jovens no mundo entre 15 e 29 anos. No Brasil é a terceira maior causa entre os jovens. E o que se tem feito para diminuir as estatísticas? Por que aumenta tanto o número de jovens que decidem terminar com a própria vida no Brasil?   No Brasil, estima-se que 25 pessoas cometam suicídio por dia.

De acordo com a (OMS) Organização Mundial de Saúde, uma pessoa se suicida a cada 40 segundos a tendência é de crescimento dessas mortes entre os jovens, especialmente nos países em desenvolvimento. Nos últimos vinte anos, o suicídio cresceu 30% entre os brasileiros com idades de 15 a 29 anos. No mundo, cerca de um milhão de pessoas morrem anualmente por essa causa. A OMS estima que haverá 1,5 milhão de vidas perdidas por suicídio em 2020, representando 2,4% de todas as mortes. Todo dia, 28 brasileiros se suicidam e, para cada morte, há entre 10 e 20 tentativas.

Segundo pesquisas 90% das pessoas que cometem o suicídio sofrem de algum transtorno entre eles a depressão, dependência de álcool ou outras drogas. É importante ficar alerta aos sinais, pais, mães, irmãos e amigos próximos fiquem atentos a mudança de comportamento, ou seja, quando a pessoa começa a falar em suicídio, procura se isolar, começa a querer se despedir de parentes,  esta triste, com baixa auto estima entre outros.

É importante a busca por um psiquiatra para ser identificado se há algum distúrbio a ser tratado ou se há abuso de drogas, tudo tem que ser analisado minuciosamente e para isso só um especialista. Diante da gravidade do assunto pouco se ouve falar, existe um tabu, é preciso mais visibilidade sobre o tema.

Reduzir a taxa de suicídio é um desafio coletivo, todos tem que esta envolvidos, o silêncio tem que ser rompido, é alarmante o numero crescente de jovens que tem desistido da vida a troca de informações pode ser muito útil para diminuir esses índices.

É importante destacar que toda tentativa tem que ser olhada com atenção. Muitas vezes é visto apenas como se a pessoa estivesse querendo chamar atenção, não pode ser visto dessa forma. É um problema sério, grave e precisa ser tratado como tal. É preciso quebrar tabus e abordar mais esse tema, na tentativa de evitar mais casos. Abordar essa temática na mídia, nas escolas, instituições, igrejas e familiares faz com que isso ganhe visibilidade e assim mostrar para essas pessoas que existe ajuda.

Recentemente em um congresso ouvi o relato de uma mãe que encontrou seu filho mais velho enforcado no quarto com o próprio cinto. E evidente o sofrimento da família nestes casos. Existem vários “Se”.  “Se eu estivesse entrando antes” “Se eu estivesse ouvido mais, prestado atenção mais” “Se eu estivesse lá, ele estaria comigo”. Enfim é dolorosa demais a perda de um filho. E o que podemos fazer para amenizar essa dor? Será que estamos preparados para ouvir um pedido de socorro?

São varias as causas que levam a pessoa a cometer o suicídio, entre elas os transtornos mentais, como transtorno de humor que leva a depressão, também outras causas que não os transtorno, são atitudes impulsivas de pessoas diante de uma perda de emprego, fim de um relacionamento, morte de um familiar entre outros. Segundo pesquisas o risco de suicídio em pessoas com perturbações de humor (principalmente depressão) é de 6 a 15%.

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Você não sabe lidar com esse pensamento suicida! Procure ajuda de um profissional;
  • Peça ajuda;
  • Converse com alguém;
  • A morte não é a solução.

Click no link abaixo para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click no link abaixo para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Se estiver precisando de qualquer ajuda ou consulta, por favor, não exite em entrar em contato.

 Matriz: AV. Cláudio Protilho, N.º 365 Eliza Miranda Mall – Distrito Industrial – Manaus – Amazonas – CEP: 69077-738.

 Unidade I: Adianópolis.

 Unidade II: Vieiralves

 (92) 99127-6558

 dilza@dilzasantos.com.br

Deixe uma resposta