qualidade de vida

Workshop de Meditação

O Workshop de Meditação vem proporcionar uma experiência de meditação para aqueles que não estão familiarizados com a meditação e os benefícios que ela pode lhes proporcionar, mas que tem o desejo de começar a vivenciar essa experiência.

  • Serão apresentadas as técnicas de meditação, seus benefícios e exercícios práticos

Venha participar! Conheça-se! Conecte-se!

 

Meditação para Crianças

A meditação para crianças contribui para o desenvolvimento intelectual e melhora as relações interpessoais em família e no ambiente escolar.

A prática da meditação ajudará as crianças a terem mais concentração nas atividades, além da diminuição da ansiedade e melhora do humor.

Participe e comprove os resultados.

Conheça Mindfulness e Adquira Mais Qualidade de Vida

Que tal adquirir mais Qualidade de Vida, Saúde e Bem Estar através de si mesmo ?

Aprenda Mindfulness!!!

Mindfulness é indicado para todas as pessoas, sem exceções e principalmente para as que vivenciam situações de estresse, ansiedade e conflitos.

Mindfulness permite que você se conheça melhor e controle melhor as suas emoções, sentimentos e amplie a sua percepção do que esta acontecendo no momento presente.

Setembro Amarelo: Juntos pela Valorização da Vida

O Suicídio é a terceira maior causa de morte entre jovens no mundo. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. A depressão esta em primeiro lugar, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

No Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio (10 de setembro), a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OMS) alertaram para este grave problema de saúde pública responsável por uma morte a cada 40 segundos no mundo. Setembro Amarelo

Em comunicado, a OPAS/OMS reconheceu o suicídio e as tentativas de suicídio como uma prioridade na agenda global de saúde e incentivou os países a desenvolver e reforçar estratégias de prevenção, quebrando estigmas e tabus existentes sobre os assunto.

É importante destacar que a prevenção é fundamental para salvar vidas, mesmo sendo uma luta silenciosa, ela tem que ser continua. Outro fator importante a ser destacado é o ritmo acelerado em que as pessoas estão vivendo, cada dia mais estressada e menos conectadas com a própria saúde física e mental. Setembro amarelo

Mais em sua página oficial

Parar, respirar, observar, escutar o que o outro tem a dizer ou até mesmo falar, falar sobre o que está incomodando é extremamente importante para nossa saúde mental, a conexão com si mesmo também traz inúmeros benefícios ao corpo e a mente, ao fazer essa conexão você se torna uma pessoa melhor e percebe com mais leveza, amorosidade e sem julgamentos as coisas ao seu redor.

Os problemas existem, mas sempre tem uma saída, não se pode jamais perder a esperança, amanhã é um novo dia, uma nova chance de escrever uma nova história, mais uma chance de ser feliz, mesmo com inúmeros problemas VIVER É A MELHOR OPÇÃO!

Setembro Amarelo

É muito importante saber que você não está só!  Converse com alguém, procure ajuda, acredite, tem alguém que se importa com você, alguém que você pode contar de verdade!

Reúna-se com pessoas que te fazem bem, sorria, muitas vezes se faz necessário a ajuda de profissionais qualificados para lidar com problemas pesados demais, se está se sentindo assim, procure ajuda especializada, você vai sentir esse peso diminuindo ao desabafar, ao falar como você está se sentindo.

Procure um especialista!

É muito importante todos se envolverem na valorização da vida, reduzir a taxa de suicídio é um desafio coletivo, todos pela valorização da vida, o silêncio tem que ser rompido, é preocupante o número de jovens que tem desistido da vida, a troca de informações pode ser muito útil para diminuir esses índices.

É importante destacar que toda tentativa tem que ser olhada com atenção, infelizmente é um problema visto como se a pessoa quisesse chamar atenção, é preciso ver essa temática como de fato é, sério e grave, sendo necessário quebrar tabus e abordar com seriedade esse tema, promovendo palestras de valorização da vida, nas escolas, hospitais, igrejas, organizações, fazer com que isso ganhe visibilidade e assim mostrar para essas pessoas que existe ajuda.

São varias as causas que levam a pessoa a cometer o suicídio, entre elas os transtornos mentais, como transtorno de humor que leva a depressão, também outras causas, como: atitudes impulsivas de pessoas diante de uma perda de emprego, fim de um relacionamento, morte de um familiar, dívidas entre outros. Segundo pesquisas o risco de suicídio em pessoas com perturbações de humor (principalmente depressão) é de 6 a 15%. Falar é a solução! Todos juntos pela valorização da vida!

DICAS DE BEM COM A VIDA – Setembro Amarelo

  • Falar é a solução, viver é a melhor opção;
  • Converse com alguém;
  • A morte nunca será a solução;
  • Se tem algo pesado demais, procure ajuda de um especialista;
  • Foque em pensamentos positivos;
  • Não se isole, converse com seus amigos, seus familiares;
  • Busque atividades que lhe proporcione bem estar;
  • Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Esclareça suas dúvidas, estamos a disposição para melhor atendê-lo sobre nossos serviços e nossa infraestrutura.

 (92) 99127-6558/3087-8618

 contato@dilzasantos.com.br

Síndrome do Pânico

Síndrome do Pânico: A importância do tratamento

Síndrome do Pânico: O Brasil tem mais de 9% da população com algum transtorno de ansiedade, são mais de 18 milhões de pessoas nessa situação de acordo com a reportagem do fantástico (20.08.17).

Infelizmente esses dados não são uma boa notícia, mas o que tem contribuído para que as pessoas tenham essa ansiedade exagerada?

Muito se fala em ansiedade, estresse, síndrome do pânico e depressão, mas o que estamos fazendo para perder o equilíbrio? Ou melhor o que temos feito para não perder o equilíbrio?

Enfim vários fatores podem contribuir para esse desequilíbrio.

Infelizmente os transtornos mentais tem afetado milhões de pessoas e a estatística só aumentam. Vive-se uma epidemia silenciosa de suicídio, depressão entre outras doenças e isso é alarmante.

É claro que a ansiedade faz parte da vida do indivíduo, é um recurso natural, porém quando traz sintomas desagradáveis para o corpo e a mente se torna patológica, afinal tudo em exagero acaba nos adoecendo e as cobranças da vida moderna são alguns geradores dos quadros ansiosos, neste contexto é extremamente importante o acompanhamento de um psicólogo ou psiquiatra.

Nosso cérebro também tem um sistema de alerta, quando percebemos uma ameaça ele nos prepara para fugir ou lutar, neste contexto sentir medo é normal. Porém quando esse alarme dispara sem motivos, temos uma síndrome, a síndrome do pânico.

Quem sofre com a síndrome do pânico costuma ter crises de medo ou ansiedade que vem do nada, como o simples fato de ficar sozinho em casa, o sistema de alerta fica desgovernado, a respiração acelera, o coração dispara, os músculos ficam tensos, calafrios ou o suor aumenta, ao perceber esses sintomas a pessoa fica ainda mais ansiosa, então cresce a sensação de que vai morrer, acha que não tem saída. É desesperador a sensação de quem sofre com esta síndrome.

É muito importante frisar que a síndrome do pânico não é frescura, não é falta do que fazer, é doença, precisa de tratamento, não julgamento.

O paciente precisa ser acolhido, tratado e não julgado! Se não pode ajudar, não julgue!

Síndrome do Pânico

Algumas características da síndrome:

  • Tremor ou abalos;
  • Medo de morrer;
  • Sudorese;
  • Tremores;
  • Paralisação;
  • Calafrios ou onda de calor;
  • Tensão nos músculos;
  • Taquicardia entre outros…

Segundo a Previdência Social, os transtornos mentais já são a terceira razão de afastamentos do trabalho no Brasil, sendo que os gastos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) giram em torno de R$ 200 milhões em pagamentos de benefícios anuais, dado que reforça a importância de se criar medidas de prevenção.

Nesse contexto, a ansiedade, síndrome do pânico, assim como a depressão, são os males que mais afetam as pessoas.

Levantamentos da Organização Mundial da Saúde (OMS), mostram que atualmente cerca de 33% da população mundial sofre de ansiedade.

O Brasil tem aparecido sempre entre os primeiros das listas da organização.

Vamos nos conectar com o que nos faz bem, procurar relaxar, parar de sofrer por antecipação, adquirindo mais qualidade de vida, você poderá contribuir para a redução do estresse e ansiedade, evitando assim vários problemas emocionais, afinal “

Cuidar da  mente é cuidar da vida”.

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Viva melhor o seu aqui agora;
  • Conecte-se com o que te faz bem;
  • Saiba a diferença entre pânico e medo;
  • Visite seu médico regularmente;
  • Curta mais sua família;
  • Evite diagnósticos precipitados, procure um especialista;
  • Respeite seu sono e durma;
  • Pratique exercícios físicos;
  • Pratique meditação/yoga
  • Mantenha a calma;
  • Evite sofrer por antecipação;
  • Se não conseguir controlar sua ansiedade procure ajuda de um especialista.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Esclareça suas dúvidas, estamos a disposição para melhor atendê-lo sobre nossos serviços e nossa infraestrutura.

 (92) 99127-6558/3087-8618

 contato@dilzasantos.com.br

Meditação

Meditação: leve essa prática para sua empresa!

Meditação: leve essa prática para sua empresa!

Meditação: Infelizmente as pessoas estão cada vez mais estressadas, ansiosas, fazendo inúmeras atividades que até esquecem de respirar direito, isso mesmo respirar!

Essa respiração acelerada que as vezes até nos falta o ar, não é a respiração ideal. Qual foi a última vez que você parou e prestou atenção na sua respiração?

Pesquisas

Segundo pesquisas recentes o Brasil é o segundo pais com o maior nível de estresse do mundo. De cada dez trabalhadores, três pelos menos sofrem da chamada síndrome de Burnout. A Síndrome do Burnout, que em inglês significa queimar por completo, é o último nível de estresse, que se caracteriza por esgotamento mental intenso, principalmente por pressões no ambiente de trabalho.

Mas o que fazer para mudar essa estatística? Por que é tão difícil desacelerar?  Cada vez mais as pessoas vivem em 220 volts, acreditam que se parar um segundo o mundo vai deixar de existir ou se acham insubstituíveis, essa vida acelerada contribui para o adoecimento do indivíduo.

Muitas empresas preocupadas com a saúde e bem estar de seus colaboradores estão levando a meditação para o ambiente profissional, nesta prática tiram 20 ou 30 minutos do dia para praticar meditação e podem acreditar os benefícios são inúmeros, entre eles, o aumento da produtividade, melhora nas relações interpessoais, além do controle do estresse e ansiedade.

Treinamento para o cérebro na meditação

A meditação é um treinamento para o cérebro, assim como os exercícios físicos são para os músculos, porém é extremamente importante ao inserir este novo estilo de vida, ter disciplina, determinação. É uma prática que qualquer pessoa pode fazer, principalmente as crianças, hoje já tem escolas inserindo essa prática na vida acadêmica dos pequenos.

Embora muitas das meditações sejam inspiradas em tradições espirituais antigas e modernas, nenhuma requer crença ou fé. Se você não tem nenhuma prática espiritual, faça sua meditação com a motivação de criar uma vida mais feliz para si mesmo. Existem várias técnicas de meditação, várias formas de meditar, você só precisa querer fazer e praticar.

Estamos em uma nova era, hoje a meditação está inserida como terapia complementar no SUS, isso é um excelente avanço onde todos ganham, afinal traz benefícios aos pacientes e profissionais da saúde.

Uma das técnicas que tem contribuído muito no tratamento do estresse, ansiedade e dores crônicas proposto pela clínica desprendido do contexto religioso é chamada de mindfulness, conhecida também como atenção plena, ou seja, ter atenção plena no aqui e agora, estar consciente, ser consciente de sua consciência, ser capaz de experimentar plenamente pensamentos, sensações ou ação externa, com toda sua atenção sem julgamento ou culpa.

Meditação é prática, é saúde, é equilíbrio, viva a vida com mais amorosidade, aceitação, menos estresse, viva o hoje de uma forma leve e saudável. Afinal a paz interior também é saúde!

Entre em contato conosco e leve essa técnica para sua empresa (92) 3087-8618.

A meditação traz inúmeros benefícios:

  • Uma paz profunda;
  • Maior concentração e produtividade;
  • Equilíbrio interno;
  • Reduz a ansiedade e o estresse;
  • Sono tranquilo;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Melhora o humor;
  • Rejuvenescimento;
  • Tranqüilidade para a mente e o corpo;

Existem vários estudos mostrando que a meditação pode ser um tratamento complementar que ajuda 50% nas recaídas de depressão.

Dicas de Bem Com a Vida

  • Entenda o que o seu corpo fala pra você;
  • Relaxe mais;
  • Entre em contato com a natureza;
  • Alimente-se de pensamentos positivos;
  • Fortaleça seu pontos fortes;
  • Desacelere;
  • Acredite em você, você é capaz;
  • Ame-se

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

Esclareça suas dúvidas, estamos a disposição para melhor atendê-lo sobre nossos serviços e nossa infraestrutura.

 (92) 99127-6558/3087-8618

 contato@dilzasantos.com.br

morar em outra cidade ou país

O Desafio de trabalhar e morar em outra cidade ou país

Morar em outra cidade ou país: Hoje um dos maiores temores para quem esta empregado é perder seu emprego e não conseguir se recolocar no mercado de trabalho, fato este que pode tirar a paz de muitos trabalhadores. Porém quando aquela tão sonhada proposta de emprego chega e na proposta também vem à mudança para outra cidade ou país.

O que você faz ? Os maiores desafios chegam inesperadamente e às vezes por medo de sair da zona de conforto se deixa passar muitas oportunidades.

Infelizmente esse é um dilema vivenciado por muitos profissionais que ficam inseguros por medo de arriscar, medo do desconhecido, é cômodo morar no lugar de sempre, com o emprego de anos, que todos se conhecem isso até nos transmite certa “segurança”, porém não se pode deixar passar as oportunidades, dizem que “a sorte só bate uma vez na porta” então, vamos deixar entrar e ser feliz!

O sucesso profissional e pessoal é o desejo de todos, porém mantê-los em equilíbrio é nosso maior desafio, principalmente onde há elevada competitividade e um preocupante cenário de desemprego crescente em nosso país, talvez mudar de cidade ou país não seja uma má ideia.

É fato que toda mudança causa um impacto na vida do indivíduo, esse impacto pode ser positivo ou negativo, porém quando há um desconforto constante nesta nova experiência é necessária uma atenção especial, avaliar os riscos principalmente se há outras pessoas envolvidas (cônjuges e filhos), a saúde emocional de todos é fundamental neste processo, afinal a moradia também faz parte da personalidade de cada um, cada indivíduo é único com suas manias, crenças, inseguranças, e isso precisa ser respeitado.

Uma coisa é certa! Você não é mais um turista visitando pontos turísticos, essa nova cidade, com sua cultura e seu povo agora também faz parte da sua vida, você não esta mais na sua zona de conforto e mais uma etapa profissional começa agora! Portanto, pensamento positivo, coragem, foco, força e fé que tudo vai dar certo, e quem sabe não é neste exato lugar que esta a felicidade que você tanto busca.

É fato que ir sozinho (solteiro) é totalmente diferente de ir acompanhado (cônjuges e filhos), são duas situações bem diferentes, até porque quando se tem criança envolvida esse impacto é maior, afinal ela vai deixar os avós, os amigos do bairro, da escola, nesse novo lar, tudo será novo, casa, amigos, professores, tantas mudanças que podem deixar os pequenos confusos ou deprimidos, portanto, antes de qualquer decisão é importante avaliar todo o contexto, reunir a família e avaliar os prós e contras dessa decisão para evitar surpresas desagradáveis e estresse.

Mas mudar de cidade tem seu lado bom! Conhecer uma nova cultura e aprender coisas novas é fantástico, principalmente quando se esta relacionado à vida profissional, tudo será novo, empresa, colegas de trabalho, talvez os desafios sejam maiores e para isso é preciso estar mentalmente preparado para desempenhar seu papel neste novo ciclo de vida sem culpa, sem medo e julgamentos.

Dicas De Bem Com a Vida

  • Pensamento positivo;
  • Converse com sua família antes de qualquer decisão;
  • Avalie se você esta preparado para morar fora;
  • Mantenha a calma;
  • Não tenha medo;
  • Pesquise sobre a cidade que você vai morar;
  • Pesquise o clima, a cultura das pessoas que moram lá;
  • Pesquise como são seus novos colegas de trabalho;
  • Ouça sem julgamentos a opinião de sua família;
  • Converse com pessoas experientes neste processo de mudança de cidade;

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE MENTAL NO AMBIENTE DE TRABALHO

Você acredita que funcionário feliz é mais produtivo?

Pesquisas recentes apontam que a felicidade torna as pessoas mais produtivas no trabalho. Mas como adquirir esse equilíbrio entre a carreira profissional e a saúde mental?

Hoje são vários fatores contribuindo para o adoecimento dos funcionários, as pressões diárias do trabalho, a competitividade, prazos e principalmente o medo de ser demitido. Não podemos falar da saúde do trabalhador apenas no aspecto físico, a saúde mental é fundamental nas organizações, segundo a Organização Mundial da Saúde estima que cerca de 35% da população trabalhadora ativa, sofre de alguma espécie de transtorno mental de maior ou menor gravidade.

O trabalho em nossa sociedade tem uma série de significados e valores, não se pode descartar a importância enorme que cada um dá ao seu trabalho, principalmente aqueles indivíduos que respiram trabalho, perfil esse preocupante nas organizações, afinal quanto mais tempo se dedica ao trabalho mais importante ele fica na vida do indivíduo.

É importante frisar que trabalhar compulsivamente é doença e isso tem se tornado muito comum nos dias de hoje, quando isso se torna patológico precisa ser tratado, as reações psíquicas podem ser desencadeadas por vários fatores; cobrança, ritmo e duração da jornada de trabalho, atrasos na remuneração, o relacionamento com os colegas e chefe, problemas pessoais, injustiças, falta de reconhecimento profissional além das condições de trabalho também representam riscos a saúde mental do trabalhador.

O sofrimento psíquico do trabalhador, ou seja, esse sentimento de inferioridade, de angustia, desânimo e desespero, podem causar as mais diversas consequências a saúde como depressão, estresse, consumo exagerado em bebida alcoólica e outras drogas mais pesadas, fadiga crônica, distúrbio de sono entre outros…

É fundamental estar atento aos sintomas que dificultam as atividades diárias do indivíduo, causando inquietude e angustia na hora de desempenhar as principais funções no ambiente profissional, até uma simples reunião com a equipe muitas vezes se torna um fardo. A busca por ajuda nesse contexto é o mais aconselhável, iniciando um tratamento com programas voltados para a redução do estresse e ansiedade, é fato que fazem parte da vida de cada um de nós, mas descontroladas se tornam um problema grave e precisa ser tratado.

Enfim, funcionário saudável e feliz reduz consideravelmente o absenteísmo, estes engajados tem melhores resultados financeiros e operacionais, além de promover um ambiente mais leve e acolhedor, afinal, assim como o trabalho pode ser fonte de prazer também pode ser fonte de sofrimento, porém é importante investigar esta segunda hipótese e investir para que a empresa se torne um ambiente favorável, que traga inúmeros benefícios a ambos sem tortura e tristeza.

É importante lembrar que antes de qualquer diagnóstico, é preciso investigar o que realmente tem causado essa tristeza, até porque pessoas infelizes na vida, não vão encontrar felicidade no trabalho e podem ser levadas a quadros de depressão grave. Portanto, procure ajuda de um especialista!

Dicas De Bem Com a Vida

  • Pensamento positivo;
  • Mantenha o equilíbrio;
  • Evite discussões desnecessárias no ambiente de trabalho;
  • Procure se especializar, desperte as aptidões que há em você;
  • Respeite as condições humanas, seja acolhedor;
  • Cuidado com o estresse;
  • Crie novos hábitos;
  • Muito cuidado com o comodismo;
  • Não tenha medo, viva a vida sem culpa, seja leve;
  • Pratique Meditação/Yoga ou Exercícios físicos;
  • Acredite mais em você;
  • Não culpe as pessoas por seus problemas;
  • Peça ajuda se sentir que não consegue lidar com o que esta acontecendo com você.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

TRANSTORNOS MENTAIS CAUSAM AFASTAMENTO NO AMBIENTE DE TRABALHO

Os sinais da vida acelerada tem ficado mais frequente e contribuído para o adoecimento.

Esses sinais se dão ao nível de ansiedade e estresse que o indivíduo enfrenta em seu cotidiano, muitas vezes detectada quando há uma depressão profunda. A depressão é uma das doenças que tem afetado inúmeras pessoas e afetam o desempenho profissional.

Os transtornos mentais estão em terceiro lugar como motivo de afastamento no ambiente de trabalho. É fato que o desempenho profissional dessa pessoa fica comprometido, atrasos e faltas no ambiente de trabalho são constantes.

Segundo pesquisas 5 milhões de Brasileiros tem problema de saúde mental e boa parte não sabe que tem. Dificilmente o paciente vem direto ao profissional de saúde mental, ele vai aos prontos socorros ou ao clinico com as queixas, a pressão na maioria das vezes alta, taquicardia, falta de ar características que se confundem com outras doenças.

E só após uma investigação minuciosa frente a essas queixas que se faz o encaminhamento ao psiquiatra ou psicólogo. Outra questão a ser discutida é o autodiagnostico.

Pessoas que se auto-diagnosticam são mais propensas a acreditar que têm uma doença grave, porque se concentram nos sintomas a despeito da probabilidade de uma determinada doença. Além daqueles que vivem conectado com o mundo virtual de hoje, onde o autodiagnóstico via internet é muito comum.

A vários fatores que podem contribuir para o adoecimento divida, perda de emprego, trabalhar sobre pressão, divorcio, perda de um ente querido, além de álcool e outras drogas. Você já parou para analisar o que esta causando tantos afastamentos na sua empresa?

Como anda a relação interpessoal de seus colaboradores? Já avaliou por que a produtividade daquele funcionário que nunca deu motivos para ser chamado atenção caiu?

Todos tem seus problemas e suas particularidades, mas tudo na vida se é demais quebra, até uma ponte se receber mais peso além do que ela pode suportar pode ceder, assim são as pessoas.

Às vezes o peso é tanto que fica difícil aguentar. E quanto mais se demora a perceber o problema, mais grave ele fica.

Algumas causas dos transtornos:

  • Sobrecarga e conflitos no trabalho;
  • Problemas familiares;
  • Problemas financeiros
  • Violência.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em 2014, 83.237 trabalhadores brasileiros foram afastados de suas funções, devido a doenças mentais e comportamentais.

No Amazonas, dos 7.304 afastamentos concedidos de janeiro a junho deste ano pelo INSS, 395 foram por transtornos mentais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 700 milhões de pessoas no mundo sofram com algum tipo de doença mental.

A prevenção é uma ferramenta poderosa para o não adoecimento, empresas que investem na saúde e bem estar de seus colaboradores tem muito a ganhar e pode evitar um alto índice de turnover.

O Turnover dependendo do tipo de atividade da empresa, é um indicador de que algo está errado, sendo necessária avaliação das causas de incapacidade de retenção do pessoal. Afinal uma empresa se constrói com visão, missão, valores, objetivos, metas, e pessoas para atingi-las.

A palavra chave é: Pessoas!

A frase chave para as empresas é: Cuidar do seu maior e melhor ” patrimônio ” os Colaboradores!

DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Investigue o porquê tantos afastamentos ( Verifique e confirme os motivos );
  • Invista na saúde e bem estar de seus colaboradores;
  • Quando seu funcionário pedir demissão, faça uma entrevista pessoal para saber qual o motivo;
  • Melhore a comunicação interna de sua empresa;
  • Treine seus funcionários para vencer obstáculos;
  • Procure ajuda de um especialista para ajudá-lo na pesquisa de clima de sua empresa.

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos

ACALME SUA MENTE E ADQUIRA MAIS QUALIDADE DE VIDA !!

Quando falamos em qualidade de vida não podemos esquecer da saúde física, mental e espiritual, o equilíbrio entre o lado pessoal e profissional seria perfeito, porém o que se percebe é uma enorme dificuldade de se adquirir hábitos saudáveis, as pessoas estão cada vez mais aceleradas e o que mais se ouve é “falta de tempo” “não tenho tempo para isso” “não tenho para cuidar da saúde”. Enquanto se fala da falta de tempo, o tempo continua fazendo o papel dele e a gente esquecendo de fazer o nosso!

Nesse processo acelerado onde as pessoas estão cada vez mais sobrecarregadas cuidar da saúde física e mental ficou em segundo plano ou se tornou inexistente, vive-se no automático, esquecendo de contemplar o belo e pequenos hábitos estão esquecidos como sorrir, cultivar as relações com os amigos e familiares, focar no equilíbrio emocional, buscar a paz interior, que em silêncio nos chama atenção, parar para ouvir realmente o que o outro quer nos dizer, acolher nossos familiares com amor, dar valor a vida! Porém no lugar de tudo isso se instala uma ansiedade que não para de crescer e trazer danos.

As pessoas estão cada dia mais ansiosas, insônia, estresse, irritação, dor no corpo, distúrbios alimentares, depressão entre outros são assuntos cada dia mais em evidência nas mídias e no nosso próprio discurso. Pare para pensar alguns minutos,há quanto tempo você não tem uma boa noite de sono? Talvez te surpreenda com a resposta.

Nosso maior desafio é estabelecer um comportamento equilibrado entre a mente e o corpo. Quando nos desequilibramos, desequilibramos nosso laboratório interior. Os problemas pessoais podem provocar crises emotivas. Tem uma famosa citação latina que gosto muito que é a expressão “mente sã corpo são” mente saudável e corpo saudável, que significa bem-estar físico e mental, mas é importante observar como estamos processando o que nos acontece de negativo.Será que estamos fazendo nossa higiene mental?

Acredito que a higiene mental contribui para fortalecer nossos pontos fracos e nos prepara para lidar melhor com nossos conflitos internos. A higiene mental é essencial para que o ser humano esteja em equilíbrio e interaja de forma saudável com outras pessoas no seu meio social. Portanto é importante pensar positivo, cuidar da autoestima, estimular a mente através de exercícios mentais, praticar exercício físico, se alimentar de forma saudável, manter relacionamentos sociais saudáveis e etc.

O corpo humano necessita de repouso e um período para o lazer, para que a mente se distraia e descanse. Distrai-se a mente com a leitura de bons livros, quando se escuta boas músicas, se assiste bons programas de TV, quando se vai ao cinema, quando há o cuidado com as plantas e animais, na boa conversa e gargalhadas com amigos,além de frequentar lugares prazerosos. Tudo isso contribui para a qualidade de vida, saúde e bem estar do indivíduo e faz bem a alma.

 DICAS DE BEM COM A VIDA

  • Quebre as amarras que não te deixam ir;
  • Pense positivo sempre;
  • Seja persistente para conquistar o que deseja;
  • Aprenda com os erros dos outros;
  • Não seja inerte ao que ocorre ao seu redor;
  • Tenha hábitos saudáveis;
  • Pratique exercícios físicos;
  • Cuide da sua autoestima;
  • Durma bem;
  • Sorria, não porque esta sendo filmado, mas sim por estar feliz;
  • Leia bons livros;
  • Pratique Meditação / Yoga;
  • Converse com pessoas que te fazem bem;
  • Compreenda seu problema para que possa enfrentá-lo melhor.

Mens sana in Corpore sano ! ( Mente sã num Corpo são !!! )

Click aqui para ler mais artigos sobre Qualidade de Vida e Bem Estar:

http://www.dilzasantos.com.br/noticias-e-publicacoes/

Click aqui para conhecer nossos serviços:

http://www.dilzasantos.com.br

Gostou dessa matéria ?

Deixe ou seu comentário, gostaríamos também de receber sugestões de assuntos que vocês gostariam de ver nas nossas publicações semanais.

Atenciosamente.

Dilza Santos